Palpi: Setembro 2013
Loading...

sábado, 7 de setembro de 2013

Máquina de lavar X Tanquinho

Os fatos não são recentes, mas aconteceram da seguinte maneira: sempre achei que as pessoas que trabalham no dia a dia de uma casa sabem qual o melhor produto ou ferramenta devemos utilizar. Deveria ser assim, mas essas minhas aquisições, baseadas em opiniões de quem deveria saber, foram furadas. Das duas uma: ou elas não sabem nada de nada ou me odeiam.
Conversei com a empregada da minha sogra -- anos e anos trabalhando lá -- e ela me aconselhou a comprar uma máquina de, no mínimo, 10kg. Até aí,tudo bem, do contrário haverá dificuldade para lavar edredons, colchas e tal.
Na loja, a vendedora, filha de uma doméstica conhecida e mãe de quatro filhos, aconselhou-me a comprar uma máquina da Consul - Maré Super:
-- Essa máquina não quebra e as peças, se necessário, são de fácil reposição. Minha mãe está superfeliz, a máquina lava roupa que é uma beleza.
Na época, custava o mesmo valor de uma Brastemp com um painel todo elaborado, que, segundo a vendedora, era difícil de consertar, caso desse uma pane naqueles controles automáticos todos. Como moro onde o vento faz a curva e os consertos são quase que totalmente inexistentes, caí como uma pata. Paguei e trouxe o elefante branco pra casa. Basta colocar roupa suja na máquina para vê-la sair do mesmo jeito. Uma beleza!
Num dia de visita da faxineira, mãe de três filhos, indignada como a minha máquina trabalhava mal, aconselhou-me a comprar um tanquinho colormaq, turbo clean, de 9kg, igual ao dela:
-- Ah, esse lava roupa de verdade! Meu marido e as crianças sujam muito a roupa e basta colocar no tanquinho para saírem limpinhas.
Lá vai a pata, pata aqui, pata acolá! Além de deixar a roupa toda embramada, para limpar o tanquinho, é preciso tirar o batedor. Veja como é fácil:


E pode dar quantas pancadas quiser que não sai. É mais fácil quebrar a mão.
Vai na conversa de quem "entende" pra você ver o resultado.
Três porcarias!


Humor

Pic Cheesecake and Vogue


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Filé à parmegiana


Outra dica bem fácil e saborosa. Basta comprar o bife já empanado no açougue ali da esquina e colocar no forno por meia hora (15 minutos de cada lado), abrir uma lata de tomates pelados ou outro da sua preferência, fatias de muçarela e queijo parmesão ralado.
Num refratário. coloque a primeira camada de molho (para os bifes não grudarem); a segunda camada de bifes (corte-os, se necessário); a terceira de muçarela. a quarta de molho; mais uma camada de bife; mais uma camada de muçarela, outra de molho e a última de queijo parmesão ralado. Leve ao forno por 15 minutos ou pouco mais.